quarta-feira, 23 de março de 2011

PF apreende meia tonelada de maconha em Campos


A Delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes deflagrou, ontem (22), a Operação “MIL GRAU". Com o apoio da Polícia Militar e do Ministério Público Estadual, o plano visava desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico de entorpecentes naquela região.

Foram apreendidos 543 quilos de maconha. No entanto, ao longo de toda a investigação, que durou aproximadamente quatro meses, já haviam sido apreendidos outros 61 quilos de maconha, 6,5 quilos de cocaína e 1,5 quilos de crack.

Também foram cumpridos 25 Mandados de Prisão, que haviam sido expedidos pela 3ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes, e os indiciados responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico (Art. 33 e 35 da Lei 11.343/06).

Além das prisões, outros mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos em diversas localidades, inclusive no Presídio Carlos Tinoco e na Casa de Custódia Dalton Castro, onde foram encontrados telefones celulares, chips, cachimbos de crack, dentre outros objetos.

terça-feira, 22 de março de 2011

Autopista instala passarela na Niterói - Manilha

A Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR-101 de Niterói à divisa com o Espírito Santo, informa a instalação de uma passarela no km 298,9, na região de Aldeia da Prata, em Itaboraí. Para instalar as vigas de ligação entre as rampas de acesso da passarela, será realizada uma operação especial para a interdição da Niterói - Manilha durante a noite, de forma a impactar o mínimo possível o fluxo de veículos na rodovia. Os bloqueios de pista serão executados entre às 23h de hoje (22/3) e 1h30 de amanhã (23/3), de acordo com a seguinte programação:

• Fechamento total da pista sentido Niterói da 0h à 0h30

• Fechamento total da pista sentido Espírito Santo da 0h45 à 1h30

A operação é necessária para garantir a segurança dos usuários, dos trabalhadores e da operação. A Concessionária preparou um esquema especial de sinalização, que contará com o auxílio da Polícia Rodoviária Federal. Painéis de Mensagens também orientarão os usuários, ao longo do dia, sobre os horários de interdição do trecho.

* A programação para instalação das vigas de ligação da passarela está sujeita a alterações, de acordo com as condições climáticas e operacionais.

A Autopista Fluminense recomenda aos usuários que redobrem a atenção nas proximidades do trecho, reduzam a velocidade e respeitem a sinalização. Para mais informações, os usuários podem ligar para os telefones gratuitos 0800 2820 101 e 0800 717 1000 (para atendimento de pessoas com deficiência auditiva ou da fala), ou acessar o site www.autopistafluminense.com.br.

FONTE: ASCOM Autopista Fluminense

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Gonçalense homenageada por luta contra racismo

São 80 anos de lutas, vitórias e muito respeito conquistado por todos. Pernambucana por nascimento, gonçalense de coração. Essa é Amara Matilde de Assis. Moradora do bairro Colubandê, ela será a terceira mulher de São Gonçalo na história a ser homenageada como cidadã negra que se destacou em defesa dos direitos da influência africana. O prêmio Zumbi dos Palmares será entregue, hoje, pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), no plenário do Palácio Tiradentes, no Rio.

Amara contou sobre a emoção de receber a homenagem e sobre a importância da conscientização das pessoas na luta contra todas as formas de discriminação. Para ela, cidadã negra e nordestina, a exclusão esteve presente na maioria das vezes.

“Me sinto muito feliz pela lembrança. Isso é sinal que me admiram pela pessoa que sou. Seja em Pernambuco ou aqui no Rio, antigamente, era bem difícil para um negro, ainda mais uma mulher, ser aceita em determinados lugares”, disse.

Amara, gonçalense de coração, receberá prêmio Zumbi dos Palmares, hoje, no Palácio Tiradentes. Foto: Lucas Figueiredo

Integrante do Movimento de Mulheres em São Gonçalo (MMSG), há mais de 10 anos, Amara afirma que todos os gonçalenses deveriam se preocupar com o combate à discriminação.

“A conscientização do ser humano é fundamental e isso começa em casa. Ninguém é melhor do que ninguém, todos somos capazes. Isso deveria partir de todos os pais e avós para os mais jovens”, explicou.

Atualmente, o MMSG possui cerca de 300 associadas. Entre as atividades do grupo, há oficinas e atividades que têm como tema a ideia defendida por Amara e outras tantas mulheres: a erradicação do preconceito em São Gonçalo. Nos últimos dois anos, as então diretoras do movimento, Oscarina Siqueira e Eliete Cunha foram homenageadas. Hoje, um ônibus estará à disposição do grupo para que todas possam acompanhar a solenidade.

Pelé, o primeiro

Para Amara, as dificuldades enfrentadas pelos cidadãos negros, atualmente, são bem mais confortáveis às que ela enfrentou antigamente. Segundo ela, até o início dos anos 60, quando o jogador Pelé despontou como um dos negros mais respeitados do mundo, era bem difícil um afro-descendente ser aceito em determinados lugares.

“Para frequentar alguns clubes e, principalmente, desempenhar determinados papéis na sociedade era bem mais difícil. Eu, como mulher e negra, sei disso”, contou.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Segura a bola, Mano!

Com a missão de renovar e de ser o condutor da seleção brasileira ao tão sonhado hexacampeonato, Luiz Antônio Venker Menezes, ou simplesmente ‘Mano’, é a aposta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para ser o comandante do Brasil até a Copa de 2014. E para conquistar o título do maior evento do futebol mundial dentro de casa, a proposta, ao contrário do último treinador do Brasil, tem sido não contrariar a vontade do povo.

É bem verdade que o gaúcho, nascido na pequena Passo do Sobrado, já demonstrou ter personalidade o suficiente ao não abrir mão de suas próprias decisões. Bicampeão Gaúcho com o Grêmio (2006-07) e, em 2009, Campeão Paulista invicto e da Copa do Brasil com o Corinthians, o treinador se credenciou como um dos melhores do mercado futebolístico nacional. Mano desbancou, inclusive, o todo favorito ao cargo de técnico da seleção, Muricy Ramalho.

A CBF chegou a convidar o atual treinador do Fluminense para ocupar o cargo, mas Muricy não conseguiu se desligar do clube por ter contrato até o final de 2012. Mesmo não sendo o primeiro nome do presidente da confederação, Ricardo Teixeira, será Mano o encarregado de toda responsabilidade do projeto de renovação. Se dependermos do seu estilo, o hexa está próximo. Em apenas 13 anos, quando iniciou sua carreira comandando o modesto Guarani do Rio Grande do Sul, ele alcançou o posto máximo desejado por qualquer técnico brasileiro.

A primeira convocação do novo comandante deixou bem claro que, diferente do time cheio de volantes e jogadores de marcação que os brasileiros se acostumaram a ver nos últimos quatro anos, o ‘novo’ Brasil será uma equipe ofensiva e composta pelos novos talentos do nosso futebol. Neymar, Robinho, Paulo Henrique e André, na época, todos jogadores do Santos, foram apenas a primeira amostra do modelo de jogo que Mano pretende impregnar à seleção.

Renovação: promessa é dívida

Os primeiros 24 nomes convocados para o amistosocontra os Estados Unidos, realizado em agosto, deixaram bem claro que do mesmo mal de 2010, pelo menos, o Brasil não sofrerá mais. Foram apenas quatro os jogadores que estiveram na última Copa do Mundo da África.

Além disso, entre todos os convocados, 10 jamais haviam vestido a camisa da Seleção: Renan (Avaí), Jefferson (Botafogo), Rafael (Manchester United), Réver (Atlético-MG), David Luiz (Benfica), Jucilei (Corinthians), Éderson (Lyon), Paulo Henrique Ganso (Santos), Neymar (Santos) e André (ex-Santos).

A opção por jovens estreantes tem um porquê: a disputa dos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Muitos que atuam no exterior, inclusive que estiveram na Copa, não entraram inicialmente na lista devido à fase de pré-temporada pela qual passavam seus clubes na ocasião.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Terceira idade conectada

“O importante é a gente estar atualizado sempre, independente da nossa idade”. A opinião da comerciante Elza Ribeiro de Carvalho, 60 anos, evidencia bem o comportamento das pessoas que, mesmo já tendo mais de meio século de vida, procuram se manter antenadas e interagindo com as novidades tecnológicas. No caso dela, que é moradora do bairro Coelho, em São Gonçalo, acessar a internet pelo menos uma vez por dia virou obrigação e um costume que, há poucos anos, era pouco comum às pessoas dessa faixa etária

Além da necessidade de checar diariamente a caixa de entrada do e-mail, Elza contou que também usufrui de aplicativos como Orkut, MSN e outros programas. São horas dedicadas ao bate-papo virtual e aos jogos como ‘Colheita Feliz’ e ‘Mini-Fazenda’.
“Atualmente, além de necessária pela facilidade da comunicação que a internet nos proporciona, nós acabamos querendo mais. Tem dias que chego a acessar mais de três vezes, seja para jogar ou para, simplesmente, bater papo”, comentou.

A comerciante Elza checa diariamente os seus e-mails, além de conversar pelo MSN e Orkut. Foto: Lucas Figueiredo

Ela é mais uma que integra a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo mostra que 6,2 milhões de pessoas com mais de 50 anos de idade já acessam a rede mundial de computadores. Essa parcela equivale a 15,2% dos internautas brasileiros. Entre os anos de 2005 e 2009, foi registrado um aumento de 148,3%, o maior entre todas as faixas etárias.

A comScore, empresa de medição de mídia, também confirma que o número de internautas idosos que visitaram redes sociais cresceu quase duas vezes mais rápido que o próprio índice de uso da internet. Pesquisadores que focam no envelhecimento estão estudando essa transformação. O objetivo é verificar se as redes sociais podem oferecer os mesmos benefícios de um grupo de amigos e outras atividades que entretenham e incluam pessoas de mais idades de maneira mais ativa na sociedade.

Contas pagas em três minutos

Assim como a comerciante Elza teve sua vida facilitada, o serralheiro Antônio Carlos Freire da Silva, 53, explicou como a internet se tornou importante em seu cotidiano. Ele, que antes desperdiçava quase uma hora do seu dia em filas para pagar contas, atualmente resolve seus débitos em menos de três minutos.
“Quem tem a opção de pagar pela internet, não se arrepende. É muito mais vantajoso e confortável. Além de resolvermos todos os problemas de dentro da nossa própria casa, deixamos de perder tempo em filas, o que, no caso dos autônomos, é muito favorável”, afirmou.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Atenção: Isto é um assalto!


O aumento de assaltos a ônibus e vans no trecho Niterói-Manilha da BR-101 tem deixado passageiros e profissionais reféns dos bandidos. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), houve um crescimento significativo no número de roubos a coletivos nos últimos dois anos.

Conforme números divulgados pelo ISP, São Gonçalo registrou 359 assaltos, nos primeiros cinco meses deste ano. Um aumento de 51,47% no número de assaltos em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram contabilizados 237 roubos.

Entre março e maio dos últimos dois anos, a diferença foi de 90, sendo 226 neste ano e 136 em 2009. De acordo com a polícia, os crimes possuem as mesmas características. Geralmente são cometidos em duplas e os bandidos costumam pagar as passagens para não chamar a atenção dos passageiros. Os criminosos costumam anunciar os assaltos em locais ermos e próximos à favelas.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a incidência de envolvimento de menores também aumentou. Há pouco tempo, dois adolescentes de 16 e 17 anos foram apreendidos após assaltarem uma Kombi, no Gradim. A dupla já havia sido flagrada em gravações feitas dentro de coletivos e cedidas à PRF, responsável pela segurança na rodovia.

Na Niterói-Manilha, segundo dados da PRF, os pontos de maiores incidências de assaltos são os trechos entre a passarela do Gradim e Boa Vista, em frente ao São Gonçalo Shopping, além de pontos no Boassu e Jardim Catarina.

De acordo com a PRF, os horários dos assaltos variam entre 16h e 20h, quando as pessoas estão retornando do trabalho.


PRF vai reforçar policiamento

O Chefe de Policiamento da 2ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), inspetor César de Castro Junior, aposta em ações “inteligentes”, no reforço do policiamento e, sobretudo, no apoio da população para coibir os assaltos a coletivos no trecho Niterói-Manilha da BR-101.

Para Castro Junior, a colaboração das empresas e dos cidadãos vítimas de assaltos são fundamentais para que a polícia tenha como base os locais, horários e modo de ação dos criminosos.
“Algumas empresas de ônibus deixam de registrar a ocorrência. As imagens gravadas nos circuitos internos de segurança são de suma importância para mapearmos os pontos de maior incidência e na identificação dos assaltantes”, ressaltou o inspetor.

Segundo Castro Junior, as rodovias mais longas facilitam a ação dos marginais que muitas vezes monitoram o patrulhamento.
“Há situações onde a patrulha passa e logo depois eles assaltam. Precisamos de uma ação ostensiva para reverter esse quadro”, afirmou.


Assalto a Kombi no Gradim

Os dois adolescentes de 16 e 17 anos foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal na BR-101, no Gradim, em São Gonçalo, acusados de assaltarem, momentos antes, passageiros que estavam em uma Kombi. Com os menores, os agentes da PRF apreenderam um revólver calibre 32, com quatro munições intactas, cinco aparelhos de telefone celular e R$ 500, em espécie. Na ocasião, a polícia investigava a participação dos menores em outros assaltos na rodovia.

De acordo com as vítimas, os adolescentes abordaram a Kombi (linha Luiz Caçador-Porto da Madama) na entrada do Porto da Pedra e teriam anunciado o assalto na Parada 40 e obrigado o motorista a desviar a rota para a BR-101.
“Eles colocaram a arma na cabeça dos passageiros e gritavam muito. Fui obrigado a desviar para a BR-101. Na altura do Gradim, os dois desceram e correram”, disse o motorista da Kombi, que teve R$ 50 roubado pelos acusados. Os menores foram encaminhados à 74ª DP (Alcântara).